Arte Contemporânea: o que é, peculiaridades obras!

A História da Arte é marcada por grandes mudanças tendências, que guiaram artistas de diferentes épocas por variados estilos. Do clássico ao contemporâneo, esses estilos são um retrato do contexto histórico em que os artistas estavam inseridos. , presentemente, é a Arte Contemporânea que está em vigor.

Você sabe quais são as primordiais peculiaridades desse estilo artístico como este se dá ao volta do planeta? Prossiga lendo este post para deslindar mas sobre a Arte Contemporânea seus grandes nomes!

O que é Arte Contemporânea?

A Arte Contemporânea, também conhecida como Arte Pós-moderna, é um estilo artístico que ocorreu a arrebentar da segunda metade do século XX, depois o término da Segunda Guerra Global. Por conta disso, também é chamada de Arte do Pós-guerra, ainda que não ser provável definir um instante exato da sua origem.

Se estendendo até os dias de hoje, faz com que a temporada seja divulgado como Pós-contemporaneidade, tendo como principal elemento a utilização de técnicas equipamentos inovadores tecnológicos para a geração de obras originais.

Em um contexto de pós-guerra, predominava na sociedade um tino de sua reconstrução totalidade, arrasada pelo maior conflito da humanidade até logo. De forma, os artistas passaram a buscar novos ouro para se expressar, apoiando-se na crescente aproximação no progressão tecnológico mediático.

Peculiaridades da Arte Contemporânea

É provável observar várias peculiaridades bastante especificada Arte Contemporânea, particularmente no que refere-se aos ouro de geração das obras. Deste modo, os primordiais atributos desse estilo artístico são:

  • descuramento dos suportes tradicionais;
  • liberdade subjetividade na produção artística;
  • impacto de uma sociedade permeada pela troca de informações, pelo uso da conhecimento pelas novas mídias;
  • efemeridade das obras;
  • promiscuidade de diferentes estilos artísticos geração de princípios;
  • utilização de materiais variados na mesma obra;
  • fusão entre as obras de arte a vida cotidiana;
  • possante aproximação com a cultura pop;
  • questionamentos sobre os princípios da própria arte;
  • geração de obras interativas, nas quais o testemunha participa ativamente.

Arte Contemporânea brasileira

No Brasil, o estilo da Arte Contemporânea começou a ser fomentado também durante a década de 1950, particularmente por meio do movimento de vanguarda do Neoconcretismo.

A Pop Art americana, ao surgir em todo o planeta, influenciou também a forma tal e como se fazia arte cá no Brasil, particularmente nos anos 1960. Neste início, os artistas expressavam fortescríticas à sociedade à Autocracia Militar, além de referenciar fortemente o Tropicalismo.

Na década seguinte, a arte se afasta dos momentos de oposição política, assumindo uma faceta de reflexão do pensamento, da razão da ciência. A arte tecnológica surge, logo, com a Exposição Externo da Arte por Riqueza Eletrônicos.

O término dos anos 1970 incorporou na arte brasileira os anseios do movimento das Diretas Já, retomando o caráter de sátira social de opinião política, particularmente em exposições como “Tradição Ruptura”, de 1984 “A Trama do Sabor”, de 1987, trazidas pela Bienal de São Paulo, além da mostra “A Mão Afro-brasileira”, de 1988, organizada pelo MAM-SP (Mescla de Arte Moderna de São Paulo).

Apesar do extensa alcance, singularmente pelo uso da técnica, a arte brasileira ainda permanece como um privilégio das camadas mas ricas da população continua sendo veiculada nos grandes centros urbanos, tirante do processo artístico o interno do país.

Movimentos da Arte Contemporânea

Com um possante caráter unido incluindo diversos formas de se fazer arte, a Arte Contemporânea abarca numerosas escolas movimentos artísticos, focados mas na teoria com objetivo de se conversar, preterindo o consumo, como era geral no temporada anterior da Arte Moderna. Nesse sentido, vamos poder evidenciar vários movimentos vanguardas contemporâneas, como:

  • Arte Cinética;
  • Arte Conceitual;
  • Arte de Novas Mídias;
  • Arte Do dedo;
  • Arte povera (poor art);
  • Arte Urbana / Street Art;
  • Body Art;
  • Retrato;
  • Fotorrealismo;
  • Hiper-realismo;
  • Instalação;
  • Op Art;
  • Pop Art.

Arte Contemporânea: artistas

A pluralidade trazida pela Arte Contemporânea, como as inúmeras mídias quando ela deve ser divulgada, fazem com que um extensa número de artistas se destaquem. Desta forma, em um contexto global, vamos poder mencionar nomes como:

  • Andy Warhol (1928-1987): pintor cineasta americano;
  • Anselm Kiefer (1945-): pintor boche;
  • Banksy (1974-): artista de rua saxão;
  • Bill Viola (1951-): videoartista americano;
  • Damien Hirst (1965-): estatuário, pintor desenhista saxão;
  • Gerhard Richter (1932-): pintor artista plástico boche;
  • Jean-Michel Basquiat (1960-1988): grafiteiro pintor americano;
  • Jeff Koons (1955-): artista plástico estatuário ianque;
  • Keith Haring (1958-1990): artista mapa norte-americano;
  • Lucian Freud (1922-2011): pintor teuto;
  • Marina Abramović (1946-): artista performática sérvia;
  • Richard Monte (1939-): estatuário ianque;
  • Takashi Murakami (1962-): pintor artista do dedo nipónico.

Já no contexto vernáculo, existem outros muitos nomes que podem ser referidos, como:

  • Almicar Castro (1920-2002): estatuário;
  • Aluísio Hulha (1920-2001): desenhista;
  • Cildo Meireles (1948-): artista plástico;
  • Ferreira Gullar (1930-2016): redactor poeta;
  • Franz Weissmann (1911-2005): estatuário;
  • Hélio Oiticica (1937-1980): pintor, estatuário artista plástico;
  • Hércules Barsotti (1914-2010): artista plástico;
  • Lygia Clark (1920-1988): pintora;
  • Lygia Pape (1927-2004): gravadora, escultora, pintora, cineasta artista multimídia;
  • Romero Britto (1963-): pintor, estatuário serígrafo;
  • Willys de Castro (1926-1988): artista plástico.

Obras da Arte contemporânea

É impraticável referir somente várias obras de Arte Contemporânea sem cometer numerosas injustiças. Entretanto, a título de exemplificação, listamos uma série de 10 obras populares do temporada contemporâneo:

  • Profile, de Kumi Yamashita (1994);
  • Where They Live (Onde Eles Moram), de Guy Laramee;
  • Goldfish Salvation, de Riusuke Fukahori (2012);
  • Double disque évidé par les toits, de Felice Varini (2013);
  • Untitled, de Daniel Arsham;
  • CDSea, de Bruce Munro (2010);
  • Gary (Dennis Busenitz), de Haroshi (2012);
  • Untitled, de Yulia Brodskaya;
  • The Obliteration Room, de Yayoi Kusama (2011);
  • Untitled, de Ahmed Alsoudani (2007).

A Arte Contemporânea surge como uma revolução na forma tal e como se faz arte, a partir de meados do século XX. Entretanto, sua extensa particularidade é a mutação, uma vez que, com o apresentação usual de novas tecnologias novas mídias, é praticamente irreal sustar sua evolução. Desta maneira, os últimos 70 anos trazem uma infinidade de obras artistas diferentes, que fazem da arte atual uma das mas complexas dos últimos séculos.

Gostou do nosso post? Não deixe de conferir, logo, nossas aulas de Artes o post sobre semana de Arte Moderna de 1922! Estude com a gente para se conceder muito na prova de Artes do Enem!

Renata Celi

Cursando relações internacionais, nutriz viajar tomar sol. A Renata faz uma parte do time de Marketing Teor do Stoodi faz trabalho voluntário com pequenos nas horas vagas. A Rê adora comida, saber gente novidade, porém, especialmente, ver filmes repetidos. Conheça mas os textos da Renata!

Posts Relacionados

A arte da música a inspiração para a vida

Serigrafia um processo artístico

Read More

A arte da música a inspiração para a vida

Como a boa música deve nos inspirar a ter atitudes elevadas.

A música faz parte da nossa vida. Seja aquela que nos lembra a primeira dança adolescentes, o karaokê no churrasco com amigos família, aquela que marca um instante romântico com nossa paixão, o tema do filme que marcou era, aquele do mercantil que não sai da moleira, a que cantamos com nossos filhos para a viagem parecer mas curta ou a cantiga para o bebê ninar.

O estilo de música que ouvimos também influencia em nossa conduta, atitude pensamentos. A música é feita para todo planeta para qualquer comoção. É feita para qualquer dança e comemoração. Possui de todo classe e sabor. Seja para festejar, tocar ou inspirar alegria, tristeza, sossego, paixão, dor prece.

Música é arte. Arte que deve estar envolvida em decorrer, guiar, dançar, assear, cozinhar, sorrir, chorar, trabalhar, filosofar, produzir sonhar. facto resta mas emocionante, dramático convidativo há uma música, seja de profundeza ou principal. Como afirmava Victor Hugo, “A música expressa o que não deve ser dito em palavras daquele que não deve ficar embatucado”.

Na puerícia, eu me lembro de uma compilação antiga de discos de vinil que meu pai tinha. Os discos eram pesados qualquer um, compositor clássico. Qualquer LP vinha em sobrescrito encadernado com a história da vida de qualquer responsável. Eu memorizei qualquer um deles de antemão mesmo de descobrir ler ou tocar. Aqueles LPs eram o tesouro da vivenda. Meu pai os ouvia me ensinava a reconhecer qualquer instrumento tocado com esmero em qualquer sinfonia.

A simetria das notas, o sentimento as lembranças que qualquer elaboração trazia me inspirava a fabricar elogios, hoje em dia, ao memorizar esse tempo sorrindo com as vida que ouvimos aqueles compositores.

Eu tinha meus favoritos, influenciada por meu pai segundo a história de qualquer um. Bach era o rabi, quase da família favorito entre pai filha; Beethoven era praticamente nosso vizinho da porta ao lado, o romântico; Handel era conterrâneo de pequeno número de avós um de meus favoritos por diversos motivos; Tchaikovsky o responsável da melodia que eu apanhei por meses para aprender no piano; Verdi lembrava os almoços na vivenda dos ascendentes; Chopin era o que meu pai usava para treinar os canários a trovar; Mozart, o rebelde talentoso; tantos outros…

O tempo passou. Eu conheci a MPB virei admirador de carteirinha. Depois a música pop mundial com o tempo da discoteca onde o que importava era os passos nas danças com os primos. Vieram o rock rememorável de grupos como Queen Gênesis que forravam as paredes do meu quarto; os grupos nacionais que marcaram varias épocas, como 14 Bis, Roupa Novidade, Legião, Paralamas, Titãs, Engenheiros. Conheci corais como Os Meninos de Viena o perfeito Acompanhamento do Tabernáculo Mórmon, tantos outros ritmos músicas que embelezam o quotidiano com tantas harmonias.

Não possui jeito. Qualquer uma delas traz uma história ou memória dissemelhante, ajuda a lembrar que tudo já foi que deve ser melhor que o agora.

Educando os ouvidos para a boa música

Eu tive o privilégio de ter um pai que amava música me passou isso. Ainda atualmente escrevo ou fotografo, se houver um profundo músico que me inspira, as palavras fluem mas facilmente. Confesso que dirijo é a minha maré de transbordar as tensões ouvindo cantando minhas favoritas.

Outrossim, músicas com literato tendenciosas vulgares me trazem um sentimento de desespero.

Ensinando os filhos a respeitar a boa música

Tantas momentos únicos entre eu meu rebento temos cantamos juntos nossas canções favoritas nas varias viagens que fizemos. “A dona aranha subiu pela parede…”, o progresso de ritmos sons crescia. Atualmente um rapaz, no iPod dele, elas estão lá! Os clássicos do rock da minha era também. Quanto orgulho! Vez ou outra este vem me solicitar pra ouvir uma música que é lítico ou interessante não é que o rapaz possui esmero?

Desenvolver o talento de produzir música

Eu aprendi alguma coisa de piano, flauta lá, esquina além. Meu filho se interessou pelo violino pelo contrabaixo tocou por vários anos na orquestra da cidade. Elaboração quina também fazem parte da vida. Se a menino exprime o libido de aprender, nós temos condições de promover o estudo, isso ajudará em bastante. É comprovado que o estudo da música melhora o entendimento das matérias exatas na local de ensino, a memória em por norma geral.

O uso da música para fins terapêuticos

Já repararam que estamos mostrando por situações difíceis na vida, a primeira coisa que fazemos é praticamente suspender de ouvir música? Nós usualmente nos fechamos em nosso planeta esquecemos das ferramentas que temos para auxiliar em nosso autocontrole prevenção da depressão.

A música deve ser um utensílio útil para descontrair, liberar o estresse, entregar esperança, enfrentar medos, brincar, saber novas pessoas e inclusive nos transportar mas próximos de Deus.

A música como arma de devastação

Segundo pesquisa pela Universidade de Londres, a música afeta como vemos as coisas, como expressamos nossas emoções a rapidez com que vamos de um extremo ao outro em nosso maneiras. A busca também explicou como a música evoca pensamentos por intermédio de sua forma abstrata de linguagem, varias vezes com o ouvinte nem deduzindo o que é cantado.

Quer dizer, como tudo na vida possui um lado bom outro ruim, várias músicas também influenciam a atos não bastante nobres, como libertinagem indiscriminada, vícios, drogas, álcool, liberalismo sexual, violência, afronta ao corpo feminino até crimes.

Número reduzido de ritmos hipnotizantes e inclusive propositalmente incitantes podem lavar a alma e o cérebro dos valores aprendidos instituir pensamentos que se transformam em ações muito velozmente, várias destas podem nos levar a nos arrepender de pequeno número de atos pelo resto de nossa vida.

A música que inspira x A música que desvia

É essencial prestar atenção no que estamos ouvindo o que fazemos nossa família ouvir. É essencial filtrar os sons peneirar os líricos. É precípuo estabelecer o limite entre o que inspira o que incita a atos vulgares.

Verifique o que seus filhos ouvem. Ensine informalmente a apreciarem a boa música, porém também pontualmente, dando o sobre os ritmos seus derivados. É a tenacidade permissão de uma melodia ou verdade confusa duvidosa que desvia um pensamento.

Se vamos poder ter o melhor, o que nos contentarmos com menos?

Temos varias músicas maravilhosas singulares que são momentos de nossa vida. A opinião cautelosa o desenvolvimento do elegância ajudam na treinamento da personalidade da identidade.

Respeitar os gostos alheios faz os momentos, acondicionar os outros de serem obrigados a ouvirem o que gostamos também. Na maior parte dos países do planeta, ainda temos a liberdade de ir transportar-se, isto é, de sairmos de um sítio onde certas músicas são tocadas. de utilizar fones de ouvido também.

Ouça música. Boa música. O gênero de que sua psique precisa. …

 

Read More

O Segredo da Arte de Fazer Móveis

fazerndo-meu-moveisA principal vantagem de saber como fazer moveis sozinho e fazer exatamente do jeito que você sempre sonhou, esse é um dos segredos fundamentais, no entanto o processo de arte de confecção do móvel é atingir uma qualidade incrível e deixar as pessoas de boca aberta.

O setor moveleiro, que tem seu significado com indústria e atividade de construção de móveis, também se encaixa na arte de fazer móveis, porem é uma arte que não atinge a perfeição pois são desenvolvido em massa e acaba perdendo o encanto da arte original.

Já o segredo da arte de fazer móveis com as próprias mãos deixa um móvel perfeito e impecável, único e maravilhoso e charmoso para qualquer gosto e só é encontrado em condições feito manualmente. Como você pode ver neste artigo que achei pesquisando na internet é um bom tutorial para você começar fazer seus próprios móveis.

moveisA arte de construir móveis começou a milhares de anos passado, aproximadamente a 2500 AC, quando o homem das cavernas começaram a ter consciência que era bom, tanto foram criados moveis de pedra, como mesa e banco, e de madeira que seria um pouco mais avançado na época neolítica.

Agora Veja alguns materiais que você vai precisar para a produção própria de móveis

Tradicionalmente a madeira é a matéria prima mais usada para construir móveis, tanto pela indústria moveleira quanto a artesanal, mas também são desenvolvidos móveis de metais, pedras, cerâmica e pvc (plastico), mas o objetivo deste artigo e o móvel feito de madeira como é mostrado neste link http://facavocemesmoseusmoveis.com/ é uma grande vantagem para quem não sabe por onde começar.

A movelaria utiliza tradicionalmente a madeira como matéria-prima, mas essa não é o único material para a produção de móveis. Metais, pedras, cerâmica e até o plástico são utilizados confeccionar os móveis, geralmente os acabamentos são feitos de couros, tecido, papel, plástico e fibra natural.como-fazer-moveis

Os Moveis produzido são:, mesa, sofá, cama, cadeiras, bancos, poltronas, guarda-roupas, armários, estante, gaveteiros, sapateiros, rack, nicho, etc.

Aqui você viu uma arte muita aplicada no dia a dia que talvez nem tenha passado por sua cabeça, esta arte moveleira não só para móveis novos, mas também existem a arte de reciclar móveis velhos, antigos e quebrados é podem ser transformados em belas artes e decorara a sua casa, e para isso bastar ter criatividade e vontade, espero que tenha gostado e ajude a pesar bem antes de comprar o seu móveis, uma boa escolha pode fazer a diferença.

Read More

Aprenda Como Tocar Guitarra Sem Saber Nada!

como tocar guitarra

Esta preparado para colocar a mão na massa e começar aprender tacar violão ou guitarra. Se você esta lendo este artigo é porque certamente quer aprender esta arte da musica de forma pratica e profissional.

Vamos começar então

Os Acordes da Guitarra são a coisa que mais importa; as musicas são formadas por acordes, se você souber toca qualquer musica, por isso ao iniciar é necessário aprender os acordes, obviamente que no inicio não terá coordenação motora para formar os acordes, seus dedos não vão parar quieto, mas tenha paciência com os treinos certos e tempo você vai conseguir, aprenda primeiro os acordes mais fácil e vai subindo gradativamente para que assimile muito bem.

Os dez acordes são:

  • Dó maior
  • Ré Maior
  • Ré com 7
  • Mi Menor
  • Mi com 7
  • Mi Maior
  • Sol Maior
  • Lá Maior
  • Lá Menor
  • Si com 7

Agora sua meta é aprender estes acordes, decore todos!

Como aprender Rapidamente acordes?

Para aprender mais profundamente acordes você pode pesquisar na internet, existem milhares de informações, em uma busca rápida que eu fiz encontrei o site Cifras Club, este site com muitas informações http://kitdetecnicaparaguitarrarock.com/ estes são exemplos de informações para aprender mais rápido desde acordes até o mais avançado, só ter interesse e ir um pouco além, desde que você queira aprender sozinho guitarra, fica a dica! 😉

Um exemplo é aprender o acorde da Ré Maior, posicionando o dedo indicador na 2ª casa da 3ª corda (de baixo para cima). Agora, posicione o dedo 2 na 2ª casa da 1ª corda e o dedo 3 na 3ª casa da 2ª corda. Isso ai, o acorde está formado! Agora é só tocar as cordas com a outra mão. Não toque nas cordas de cima, cada acorde é diferente. Viu como é simples, mas precisa treinar bastante!

Posição dos dedos:

Um erro comum é colocar os dedos encima das trastes. O correto quando for formas os acordes colocas as pontas dos dedos após as trates, é necessário que os dedos fique arqueados para não encostar na corda abaixo.

Tocando as cordas

São três formas corretas de tocar, são elas:

  • Com palheta
  • Com o polegar
  • Com as costas das unhas

Faça com movimentos pincelar

Cifras e Tablaturas

Cifras: uma forma abreviada  para escrever os acordes.

Tablaturas: Indica quais notas se deve tocar em cada uma das cordas, por exemplo 3 significa 3° casa o zero significa corda solta, assim indicam, mi maior (EM), sol maior (G) assim por diante.

A melhor maneira de aprender sempre foi na pratica e na guitarra é a mesma coisa, ou seja, aprender tocando.

Existe sempre um jeitinho, é começar pelas musicas mais fáceis, quanto menos acordes a musica tiver melhor, mais fácil. Caso estiver difícil alguma das acordes da musica, toque somente as notas, assim você acaba aprendendo também.

E como tudo na vida você precisa ter atitude para aprender, ainda mais se for sozinho, ter que ser disciplinado, nuca desistir do sonho, sempre haverá dificuldades mas é assim pra todo mundo, em qualquer lugar. Então mão na massa e não desista!

Read More

Serigrafia um processo artístico

O processo de serigrafia artístico é o mais conhecido hoje para fazer estampas em objetos e mais utilizado para estampagem de imagens artísticas em camisetas, moletons, jeans entre outros. Essa é uma técnica que predomina a indústria de estamparia até nos dias de hoje, pois é um trabalho artesanal, cada trabalho tem suas características únicas, a indústria que atende esse mercado cada vez mais lança produtos novos e tecnológicos para suprir as inovações do mercado.

Veja como o processo artístico começa

O processo começa com um designer e um estilista planejando como será a estampa, desenho, tipo, cores, efeitos  e localização da arte, nesse momento começa o processo de desenho da arte, tudo é realizado em um programa de computador, como no photoshop ou coreldraw. Após a imagens estar preparada é hora de separar as cores, pois na serigrafia é necessário porque cada cor é impresso manualmente separada, pois é um dos segredos para a imagem ser impressa tão perfeita.

Preparação do Fotolito, ou seja, em outras palavras o negativo para fazer a impressão

processo-serigrafoA revelação com qualidade influencia diretamente na qualidade da impressão da estampa, não vai adiantar nada se na hora da impressão as cores não encaixarem perfeitamente para a impressão da arte.

Após os fotolitos estiverem prontos, é nesse momento que serão feitas as matrizes serigráficas que correspondem aos quadros  de metal ou madeira com a tela esticada e aplicada a emulsão fotossensível a luz UV do equipamento para endurecer o produto e revelar a arte na tela matriz.

Agora ocorre a preparação dos insumos e materiais da sua serigrafia para que as estampagem sai perfeitas e corretas, prepara-se a marcação nos quadros da matriz para que tudo ocorra como o planejado sem danificar a imagem.

Chegou a vez da impressão, e sua arte começa a ganhar vida em estampagem de camisetas e nas superfícies que desejar.

Hora da secagem, pode ser feito por sopradores térmicos ou dentro de estufas própria para serigrafias

Importante após todo o processo é a limpeza de todos os equipamentos usados e o local de trabalho, pois fazendo a higienização das maquinas e objetos utilizados garante uma maior durabilidade  e também mostra para os clientes seu profissionalismo, assim como o ambiente de trabalha é bom manter sempre limpo e agradável para que cada dia mais você conquiste mais clientes se assim desejar, pois o fator organização e limpeza é crucial e qualquer ambiente de trabalho.

Read More